sábado, 9 de abril de 2011

Gênesis, capítulo quatro.

Tento não me sentir traída, tento não sentir ciúme. Mas sou filha de Eva e Adão. Sou fruto da humanidade. E isso de me atirar o passado às faces e usar metáforas pra dizer o quanto sou pequena e ingênua, não te transforma no justo Abel.

Não irá me atingir. Aquele que tocar em Caim, será castigado sete vezes.






(pra jogar mágoa fora, como a gente faz?)

3 comentários:

Fernand's disse...

máy,
a verdade, às vezes, nos tira a magia... quando estou assim, choro. choro muito até os olhos ficarem bem inchados e eu achar ridículo na frente do espelho; leio também. é minha fuga, salvação, mania, libertação, droga e qualquer classificação de benfeitoria. hahaha

dependendo do modo de vista, claro! =)

Fred Caju disse...

Dizem que não se joga fora, se supera.

Morgana Gomes disse...

Não joga fora, só guarda numa caixa no fundo do guarda-roupa e vive, pois a caixa depois é esquecida e quando você for arrumar o quarto, vai perceber que não precisa mais mantê-la ali.