quarta-feira, 7 de abril de 2010

Rainha dos clichês.

Identifica-se e quer amizade. Achava estranho esse costume, até parar pra pensar. Relacionar-se - de todas as formas - é viver. Acordou pra vida aos 17.

Um comentário:

Rodrigo Gonzatto disse...

Do mesmo modo, a morte é a anti-relação.

O pra sempre sempre acaba acaba sempre pra pra sempre.